Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

palavras&desabafos

Escrever o que sinto, o que quero, o que penso. Divagar pela alma, pelo coração, ou simplesmente salvar ideias e criar sonhos.

palavras&desabafos

Escrever o que sinto, o que quero, o que penso. Divagar pela alma, pelo coração, ou simplesmente salvar ideias e criar sonhos.

Sab | 14.04.18

Desabafos

Ando aqui às voltas, preciso escrever, mas nem sei como começar, nem por onde ir. Os últimos tempos têm sido uma verdadeira roda viva de emoções, de sentimentos, de preocupações, mas também de alegrias, aprendizagens, de muito amor e dedicação. 

Quando a nossa vida entra num turbilhão de acontecimentos, assim um bocadinho pro inesperados, ficamos sem saber o que fazer, como agir, às vezes sem pensar!

Sei que parece confuso, sim e tem sido muito confuso, complicado de gerir, mas espero que tudo volte à rotina.

Sim, perdi a rotina e com  ela a minha paz, mas está tudo mais calmo agora, o que é bom! 

Qui | 12.04.18

Que gente queres ser?

De coração apertado,

Sentido e angustiado,

Sem saber o que fazer, 

Sem saber o que dizer.

Estás longe e tão perto,

Estás perdido sem saber

Sem sentido, é certo.

Que caminho queres seguir,

Que gente queres ser?

angustia.jpg

 

 

 

 

Seg | 09.04.18

Tenho medo de fracassar

Quando somos jovens e ficamos grávidas do nosso primeiro filho nunca ninguém nos diz que ser mãe é muito, mas muito difícil, não só porque um filho trás consigo muitas responsabilidades, mas também, porque nos cabe a nós  pais, educar e formar para o mundo um ser humano capaz e integro, honesto, e empreendedor. Nunca ninguém nos diz que vamos passar horas e horas em branco, em angustia, ou porque estão doentes, ou porque não dão noticias numa saída noturna, ou simplesmente porque nos sentimos completamente fora da sua vida quando preferem os amigos, ouvir os amigos, viver com os amigos. Devíamos saber, desde o inicio, que os filhos não são nossos, que são mero empréstimo nos primeiros anos de vida, sim ...apenas nos primeiros anos de vida...e cabe-nos saber deixa-los viver a sua vida...mas é muito difícil largar o que pensamos ser só nosso!

Como é que sabemos que estamos a fazer bem, a educar bem, que estão a trilhar o melhor caminho, que estamos a dar os melhores conselhos? Como é que sabemos que estamos a fazer e a dar o melhor, como é que podemos saber?

Apesar de saber que tenho dois filhos lindos,( com todas as nódoas inerentes à suas condiçóes de adolescente e jovem adulto ),tenho medo de não estar a dar o melhor de mim, de não conseguir ...sei lá, estou cheia de dúvidas!

Ainda sinto medo de fracassar, de não conseguir estar à altura, de não ser capaz! 

Estou cansada, acho que é isso, muito cansada, exausta ....muito exausta. Acho que preciso descansar, acho que é isso..........

 

desenho_familia_renata.jpg

 imagem aqui

Sab | 07.04.18

De volta a casa

Tenho estado fora, já devem ter reparado nisso,.Podia ter sido uma viagem, um emprego novo, sei lá...mas não, andei muito ocupada com a cirurgia do meu mais novo, e com o tempo que se passa no hospital, e a ansiedade do momento, nem conseguia pensar em mais nada!.

Felizmente, e apesar da complexidade da situação, correu tudo bem! A minha criança já está em casa, e a recuperar bem!!

Ufa,  que esta  já passou! Mãe sofre tanto ....se sofre! 

 

depositphotos_43860949-stock-illustration-cartoon-

 imagem aqui