Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

palavras&desabafos

Escrever o que sinto, o que quero, o que penso. Divagar pela alma, pelo coração, ou simplesmente salvar ideias e criar sonhos.

palavras&desabafos

Escrever o que sinto, o que quero, o que penso. Divagar pela alma, pelo coração, ou simplesmente salvar ideias e criar sonhos.

Sex | 19.01.18

Ainda acerca da SurperNanny !!

Confesso que tenho andado distraída, e que só agora percebi ( porque só agora vi) a dimensão do absurdo do programa que colocaram em horário nobre de Domingo à noite, na estação de televisão SIC,  como se de entretenimento familiar se tratasse. O propósito ainda não alcancei,  mas certo é que assisti a uma brincadeira de adultos, pela invasão dos direitos das crianças e  à sua dignidade. Poderíamos precisar de olhar para a Declaração Universal dos Direitos da Criança (aqui), mas julgo que não há necessidade!!

A sociedade de hoje abarca com situações muito complicadas, quer a nível das famílias, quer ao nível social, no entanto, as dificuldades que enfrentamos não nos podem dar autoridade para expor na praça pública as birras das nossas crianças, sem pensarmos que num futuro próximo isso possa trazer consequências, muito mais graves para essas crianças, do que as suas birras de miúdos. Posso até concordar que se façam intervenções ao nível familiar, mas não posso concordar com o facto de as tornar públicas através de um reality show, em modo diferido.

Considero abusivas muitas das imagens que passaram, o que a meu ver, e na minha opinião, revelam o que de pior se pode fazer em televisão, invadir a vida das crianças, expô-las publicamente, mostrando ao mundo as suas maiores fraquezas, as suas fragilidades, as suas birras,  é só hilariante! Mas, o mais interessante nisto é a insistência na importância deste programa enquanto veiculo educador das birras infantis, conforme vi e ouvi hoje em direto, no programa da manhã da SIC.

Acredito que as situações de birra, teimosia, e indisciplina, ou mesmo faltas de educação, possam ter de ser intervencionadas, mas julgo que ninguém tem o direito de expor uma criança desta forma. 

Tenho dito.

transferir.jpg

(imagem retirada aqui)

EU